Os 9 passos para tratar nossas experiências e fazer a reprogramação da mente.

12729327_1027618567309990_5179024724892942644_n

As etapas para tratar nossas experiências – “Oneness”

1 – Tornar-se consciente que nós estamos sofrendo. Nós precisamos admitir isso.

Quando uma carga vem a superfície, quando não nos sentimos bem, a força do hábito e o condicionamento social são para dizer a nós mesmos que nós estamos bem.

Quando nós estamos machucados e em sofrimento, nós precisamos reconhecer e aceitar isso.

Não precisa fazer nenhum esforço para mudar isso.

Quando nós estamos com medo, não há como dizer que estamos nos sentindo bem. Admita que você esteja se sentindo pra baixo.

2 – Tornar-se consciente das perguntas habituais da mente para nos tirar do desconforto.

A mente despeja perguntas erradas: Quem causou esse sofrimento em mim? Porque ele fez isso pra mim? Porque a vida deveria ser tão cruel comigo?

Isso nos faz interessados em encontrar a causa e reclamar para atribuir a alguém ou a uma situação, dispersando nossa atenção em perguntas ao invés de experienciar o que está acontecendo dentro.

Se nós ficarmos paralisados nessas perguntas, nós não conseguimos nos concentrar.

Quais as perguntas habituais você está fazendo?

Uma vez que você está sofrendo, a parte importante é como lidar com isso. É irrelevante o certo ou o errado ou porque quem, ou porque você está sofrendo.

3 – Fazer a pergunta correta. Perguntas corretas são direcionadas por uma visão para experienciar nossas emoções.

Então a pergunta deve ser como lidar com a dor? Como eu a experiencio? Como eu me torno livre?

Isso leva você a experienciar ao invés de se distrair com perguntas erradas.

Liberação vem da atenção para o sentimento no nosso corpo e nossos corações.

Quando nós estamos atentos, é onde o processo se move profundamente. Quem e porque são irrelevantes.

Você pode se sentir imensamente focado e fortalecido fazendo a pergunta correta de como eu me torno livre disso através da experiência.

4 – Tornar-se consciente de seu costume habitual de reclamar, brigando com a situação, ou perdendo toda a motivação na vida, movendo-se na depressão e no ódio de si mesmo.

Tudo isso são hábitos antigos, como temos nos treinado para lidar com isso.

Nós lutamos conosco mesmos ou com outros, sentimos culpa, reclamamos com os outros, condenamos a nós mesmos e os outros.

5 – Tomar a decisão assim que você souber que isso é um hábito e não há nenhum sentido ou lógica nisso.

Isso é apenas um trajeto onde a mente está se movendo por hábito.

Isso é insensato. Quebrar um hábito requer uma decisão firme.

Nós precisamos nos “tornar” conosco mesmos e reprogramar nossas respostas.

Tomando a decisão de que eu não irei me afastar dessa experiência, aconteça o que acontecer. Eu farei qualquer coisa e tudo que for preciso para estar atento a essa experiência.

Isso irá quebrar o antigo padrão. Isso não é caso de um dia. Todo o tempo que você tiver contato com cargas e você seguir repetindo sua decisão, você estará mais apto a se comprometer.

Isso precisa de prática. Decidir e encarar a cada vez e eventualmente você terá um avanço e o processo vai se tornar mais fácil.

Mesmo que nós falharmos 100 vezes, nós precisamos decidir pela centésima primeira vez. Essa é nossa meta final. Nós devemos alcança-la. Sem desistir, sem alternativa.

Postura corporal também irá ajudar para reprogramar o novo hábito para ancorar fisicamente, sentando eretamente conforme você toma a decisão.

Feche seus olhos e respire profundamente e mantenha sua mão esquerda para baixo e feche-a com a mão direita sobre a coxa direita.

Conforme você inspira, então segure sua respiração, tome sua decisão:

– “Eu estou experienciando este sentimento completamente.”

Então expire. Faça isso 7 vezes.

6 – Invoque a Presença Divina. Isso também é uma questão de Bênção Divina.

Nós precisamos de foco intenso e uma porção extra de energia.

É importante que a energia espiritual ou a Kundalini estejam ativadas pela Graça Divina.

O cérebro precisa ser pressionado a estar em concentração e totalmente atento.

Isso é como focar com uma lupa em um algodão com a luz do sol.

Isso é o que está acontecendo com a consciência. Nossas emoções podem sofrer uma transformação. Você pode pedir uma Graça de Sri Amma Baghavan tocando sua foto ou recebendo a Graça de um outro facilitador.

7 – Permitir a nós mesmos ir através de toda a experiência.

Apenas ver o que você está sentindo fisicamente e ir com isso.

Mesmo que nada faça sentido, isso é apenas uma experiência para ir através dela.

8 – Afirmação Interna: Após você completar a experiência e sentir o senso do silêncio, alegria ou gratidão, você fará uma afirmação que:

–  “Sofrimento não é um fato, mas minha percepção.”

Repita isso 7 vezes.

Com a primeira experiência através destes 7 passos, esses ensinamentos serão profundamente fixados e na próxima vez os ensinamentos estarão dentro de você e você sem esforço começará a focar-se internamente.

Respirar, como dito antes, juntando suas mãos no seu coração, inspirando e segurando a respiração, fazendo a afirmação e expirando.

9 – Conclui-se expressando gratidão ao Divino e/ou para Sri Amma Baghavan.

Espiritualidade não é tanto sobre experienciar altos estados e acontecimentos místicos, mas sobre reprogramar nossas respostas.

Nossas respostas determinam nosso destino.

Se nós respondemos baseados nos hábitos antigos, nós prejudicamos nossos relacionamentos e causamos doenças.

Se nós respondemos através da aceitação e experiência disso e vemos transformação, nós estamos criando a Nova Era Dourada.

Ensine a você mesmo a nova resposta e o que você seguirá fazendo. Isso se tornará mais rápido e mais rápido.

Este é o pontapé inicial da máquina que não foi iniciada há muito tempo.

Se você seguir esses 9 passos, nós estamos reprogramando nossa mente novamente.

Se você dominar isso e isso se tornar um hábito para transformar o sofrimento em alegria, imagina quanta confiança você sentirá.

Nós estamos constantemente assegurando que o sofrimento não virá para nós. Nós tentamos manter isso distante.

Não perca sua energia protegendo você mesmo de experiências emocionais difíceis.

Nossa necessidade de se sentir bem e analisar e reclamar nos mantém fugindo do sofrimento.

Uma vez que somos parte do sentimento de alegria, através desses passos, nós seremos liberados.

Se você vir suas cargas dissolvidas, seus medos e traumas indo embora, você claramente verá que você está progredindo espiritualmente.

Nós estamos sempre preocupados se estamos ou não avançando.

Se você puder perceber mais e mais alegria em seu coração, você sabe que você está progredindo para altos níveis e uma melhor forma de viver. Quão bonito é isso. Não desista!

Isso parecerá difícil no início por causa dos antigos hábitos mentais enraizados e a mente não quer desistir.

Nós simplesmente precisamos de determinação nos nossos corações para fazer isso.

Conforme cada um de nós for bem sucedido para transformar sofrimento em alegria em nossas vidas, nós estamos criando um novo programa na consciência humana coletiva, e mais pessoas irão espontaneamente observar suas próprias experiências emocionais.

Essa é a nossa contribuição para a Era Dourada.

Estejam preparados para colocar um esforço consistente daqui pra frente.

Use seu tempo praticando todos os dias quando você se deparar com dificuldades emocionais ou adversidades.

Tome isso como uma oportunidade para praticar, desfazendo-se do padrão coletivo de anulação.

Todas as análises e atividades psicológicas são um hábito da mente para fugir.

Se nós ficarmos com o que há, nós temos liberdade do esforço para evitar os pensamentos. Permitir que o sofrimento flua livremente e nos mantermos  observando isso.

Eu tenho certeza que você verá lindos resultados praticando essa Sadhana (prática espiritual). Pratique isso. Faça isso.

– Conferência em Milão, 2009, por um ex-guia.

 

 

Facebook
Facebooktwittergoogle_pluspinteresttumblrmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.