O Poder da Oração e da Entrega

A História de Jai Singh.

Era uma vez um rei chamado Jai Singh, que era um grande devoto do Senhor. Durante o reinado de Jai Singh os mongóis foram conquistando a Índia.

Um por um, eles atacaram os pequenos reinos do país. Ao mesmo tempo, mesmo entre aquelas batalhas, haviam muitos outros conflitos.

Foi um tempo de guerra e instabilidade.

O reino de Jai Singh’s foi muito bonito e muito rico. Desejando a riqueza deste reino de Jai Singh’s o rei do reino vizinho tentou conquistar Jai Singh’s novamente e novamente.

Mas sempre que ele encontrava o exército de Jai Singh’s ele achava que este era invencível.

Também os mongóis tentaram derrotar Jai Singh muitas vezes, mas eles também não tiveram sucesso.

Desta forma Jai Singh, sempre conduziu pessoalmente o seu exército na batalha, manteve-se fiel ao seu nome, “vitória para o leão”.

Um dia, o rei vizinho pensou consigo mesmo:

– “Se eu não posso vencê-lo por meios justos eu tenho que recorrer a meios desleais.”

Assim, ele enviou seus espiões para descobrirem mais sobre os hábitos de Jai Singh’s.

Os espiões logo retornaram com esta mensagem:

– Todas as manhãs Jai Singh, adora sua divindade, Shri Radha Raman num encontro pessoal. Ele começa pontualmente às 8 horas e termina o culto por volta de 9:00h. Não havia ninguém para perturbá-lo durante esse tempo.

Então o rei vizinho decidiu atacar naquele momento. Desta forma, uma manhã, exatamente 08:01h ele começou seu ataque surpresa.

Jai Singh anteriormente, era Radha Raman. Ele orou:

– “Meu Senhor, eu fiz um voto para adorá-lo. Eu não posso ir e defender o meu povo agora.”

Houve uma batida forte na porta.

O voz imponente do ministro gritou do lado de fora:

– “Meu Rei, você tem que levar seu exército! Eu trouxe um sacerdote qualificado comigo, ele pode fazer o culto!”

Jai Singh respondeu:

– “Sim, mas você sabe que eu fiz este juramento para Radha Raman que eu sempre iria adorá-lo pessoalmente.”

– “Nós estamos perdidos”, disse o ministro perturbado que, em seguida, foi ter com a mãe do Rei para pedir ajuda.

Ela veio para Jai Singh e disse-lhe:

– “Meu filho o que você acha que o Senhor aprecia mais?
Se você proteger seus devotos ou se você vesti-lo em um doti?
Como sua mãe eu te ordeno – leve seu exército!”

Jai Singh disse:

– “Não mãe, eu fiz uma promessa a Radha Raman.”

– “Isso é tudo que você tem a dizer para sua mãe?
Nossos soldados serão abatidos. Algumas das mulheres serão violentadas e todos os cidadãos serão feitos escravos.”

– “Eu não posso quebrar a minha promessa”, disse Jai Singh’s e esta foi sua palavra final.

A mãe disse:

– “Que assim seja. Então, nós mulheres deste palácio, todas iremos queimar nossos corpos até nos transformarmos em cinzas para que o inimigo não ponha a mão sobre nós!”

O rei orou:

– “Meu querido Senhor por favor me proteja. Por favor, proteja meu povo. Meu Senhor, eu disse não para a minha mãe porque eu quero ser fiel à minha promessa à você. Agora você é o único que pode nos salvar.”

Neste momento, algo maravilhoso aconteceu.

Jai Singh tinha um cavalo de guerra que foi extremamente poderoso e quase tão grande quanto um elefante. Jai Singh era a única pessoa que poderia montá-lo.

De repente, os servos do celeiro dos cavalos do Rei viram um guerreiro correndo até o celeiro com grande velocidade e força. Ele usava a armadura do rei, sua coberta e ele gritou:

– “Prepare o cavalo prontamente!!!”

O guerreiro tinha uma espada em ambas as mãos e imediatamente começou a abrir caminho por si só através do exército do inimigo.

Contudo, todos os que encontraram o guerreiro tornavam-se extremamente felizes, mesmo quando caiam ao chão com suas espadas.

O Exército de Jai Singh’s entusiasticamente gritou de novo e de novo,

– “Jai Singh ki jay! Todas as glórias a Jai Singh!”

Enquanto isso Jai Singh sentado à frente de Radha Raman, continuava a sua oração para proteção de seu povo, enquanto ele vestia a divindade.

Quando ele quis colocar os brincos no Senhor viu que havia apenas um, embora ele tivesse a certeza de que ele havia trazido os dois. Neste exato momento o exército inimigo foi morto.

Logo, o primeiro-ministro encontrou Jai Singh no templo e começou a elogiá-lo por lutar sozinho naquela batalha.

– “Eu não estava lutando lá”, disse surpreso Jai Singh.

– “Eu estava fazendo meu puja (adoração) aqui.”

Quando o ministro finalmente o levou para o seu cavalo de guerra para mostrar-lhe que ele estava exaurido da batalha, Jai Singh entendeu:

– “Radha Raman foi à luta por mim.”

Mais tarde, Jai Singh encontrou o brinco que faltava de Radha Raman nos campos de batalha e construiu um templo naquele lugar.

O brinco ainda está sendo adorado lá até hoje.

Moral: Este é o poder da oração e entrega.
O rei orou com sinceridade para a proteção do Reino e o REI tomou conta de tudo.

– Mensagem enviada por nosso Guia Oneness VIKRAM JI.

Facebook
Facebooktwittergoogle_pluspinteresttumblrmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.