Fundadores da Oneness University

1975149_542154732549374_1520468247_n

SRI AMMA BHAGAVAN

Sri Amma Bhagavan são os visionários por trás do fenômeno da Unidade. A vida deles tem sido dedicada a acelerar a liberação do sofrimento humano e a ajudar pessoas a viver uma vida melhor.

Conhecer Sri Amma Bhagavan, como eles são conhecidos pelos milhões de pessoas que se beneficiaram com o trabalho deles, é conhecer o potencial ilimitado da existência humana quando o coração está alinhado na intenção das mais elevadas aspirações para o nosso mundo.

Conhecer Sri Amma Bhagavan é também entender o campo de possibilidade além da condição humana. Dia após dia, centenas de indivíduos de todo o mundo vão para a Universidade da Unidade buscando paz interior, uma vida repleta de alegria e conexão e uma oportunidade para superar os mais abrangentes desafios enfrentados pela humanidade.

O que eles encontram são transformações milagrosas; a liberação de traumas profundos, a cura de relacionamentos arruinados, a restauração de um objetivo definido, e até mesmo oportunidades para se recuperarem de doenças físicas e emocionais através da energia da Bênção da Unidade.

A HISTÓRIA DE SRI AMMA E SRI BHAGAVAN, COMO SURGIU A DEEKSHA E O ENCONTRO DE ALMAS DESSES DOIS AVATARES DA ERA DOURADA.

Sri Bhagavan nasceu em Natham, Aldeia de Tamil Nadu, Estado do Sul da Índia, no dia 07 de março de 1949, como o filho mais velho de Sri Varadarajulu e Vaidarbhi Srimati Amma.

Durante os anos que antecederam seu nascimento, sua mãe dedicou-se a realização de intensas austeridades e orações.

Circunstâncias auspiciosas que precederam o nascimento de Sri Bhagavan anunciavam o advento de uma Criança Divina.

Durante quase todo período da gravidez, sua mãe permaneceu em comunhão espiritual e imersa na Divina Presença de Sri Krishna, de quem era devota, experimentando um profundo estado de êxtase espiritual.

As pessoas que se aproximavam de Sri Bhagavan, mesmo quando ele ainda era uma criança, experimentavam uma aura de grande amor e profundo silêncio.

Quando ele cresceu, isso se tornou cada vez mais forte.

Com apenas três anos de idade, Sri Bhagavan já experimentava um profundo sentimento de conexão e de unidade com tudo.

Ele percebia a vida de forma muito diferente das pessoas que estavam ao seu redor.

Mesmo ainda criança, ele já acalentava o desejo de encontrar uma forma de proporcionar aos seres humanos a compreensão de que a Vida é Uma, e o sentimento de separação, a principal causa do sofrimento humano.

Ainda aos três anos de idade, uma Bola Dourada Brilhante apareceu diante dele e um Mantra Esotérico, em sânscrito, ficou ressoando dentro dele durante todo o dia, mesmo quando ele estava dormindo.

Durante os 24 anos seguintes, ele sentiu Sua consciência totalmente concentrada no objetivo de despertar a humanidade para a Unidade.

Sri Bhagavan viu que a raiz do conflito entre seres humanos não era apenas referente ao sofrimento material, mas sim relacionado à devastação que o sofrimento existencial podia causar no espírito de cada homem, desde o mais pobre até o mais bem-sucedido.

Sri Bhagavan estudou as crenças e histórias das maiores religiões e movimentos espirituais ao redor do mundo, incluindo Budismo, Cristianismo, Islamismo e Hinduísmo.

Ele descobriu que o dogma em si deixava os crentes vazios, pois não podia suprir a real, vívida experiência do Divino.

Ele almejava encontrar uma forma de ajudar o homem comum a experimentar a profunda conexão com o Divino que um místico sentia.

Na clareza desse entendimento, Sri Bhagavan também viu que as condições materiais eram periféricas à realidade do sofrimento humano.

Elas não eram a raiz do problema, mas em algum momento, elas atrapalhavam a busca de soluções.

Muitas crenças defendiam a renúncia, enquanto outras defendiam a busca pela prosperidade.

Sri Bhagavan concluiu que essas crenças, em qualquer forma, eram restrições colocadas sobre à psique humana e, assim, outra camada de distanciamento da verdadeira experiência do Divino foi estabelecida.

Ele estava convencido de que, para experienciar plenamente o Divino, a humanidade precisava ser livre do dogma e livre dos emaranhados associados com valores ou expectativas.

Ao longo da juventude, Sri Bhagavan assumiu uma profunda intenção – ou “sankalpa” em sânscrito, de encontrar uma forma de ajudar todos os homens e mulheres, independentemente de origem, crença, estilo de vida ou associação religiosa, a dar aquele salto para uma experiência livre e desimpedida do Divino que, antes, estava disponível apenas para os místicos.

ELE CONHECEU SRI AMMA E DESCOBRIU QUE ELA TINHA O MESMO DESEJO E A MESMA INTENÇÃO.

Sri Amma nasceu em 15 de agosto de 1954 na Vila Sangam, Distrito de Nellore, no estado de Andhra Pradesh. Os pais dela, Smt. Penchalamma e Sri Venkaiah, souberam, desde muito cedo, que tinham uma criança incomum, precocemente sintonizada com as necessidades dos outros, e clara na sua aceitação de servir como a máxima alegria.

Conforme crescia, a jovem Amma era geralmente encontrada ouvindo as histórias de famílias em crise, fornecendo a essas famílias auxílio material e espiritual, e cultivando um relacionamento com o Divino nascido do desejo de ser um canal para que outros pudessem receber os benefícios da Graça.

Ainda criança, Sri Amma já irradiava alegria e manifestava um profundo amor incondicional para com todos os que se relacionavam com ela.

Os moradores da aldeia falam da intensa sensação de pureza que cercava a pessoa de Amma desde criança.

Além do amor extremo, do sorriso sempre presente e da contagiante alegria, Sri Amma também se tornou conhecida por ser uma pessoa que praticava muitas austeridades espirituais e meditação.

Muitas pessoas que compartilharam seus problemas com ela tiveram, logo em seguida, esses problemas solucionados.

Ela também costumava aparecer a essas pessoas em sonhos ou durante suas orações. Por isso, é considerada por muitos como encarnação da Mãe Divina.

Apesar de Sri Amma e Sri Bhagavan terem se conhecido fisicamente só muito mais tarde, Sri Amma não só sentia, como falava com convicção, que se casaria com uma pessoa divina, “com Deus”.

Durante as práticas que realizava na sua infância, experimentava um sentimento de que, um dia, iria servir como Fonte de Graça e Poder Espiritual para cumprir uma missão divina.

É como se tivesse antevendo o encontro com Sri Bhagavan, o seu Senhor, Amigo e Amado, cuja Missão Sagrada é despertar a humanidade para a Consciência da Unidade.

Sri Amma e Sri Bhagavan seguramente constituem duas expressões indissociáveis da mesma Consciência Divina, cada um apoiando e complementando o outro no cumprimento desta Sagrada Missão.

EM CUMPRIMENTO À VONTADE DIVINA, SRI AMMA E SRI BHAGAVAN UNIRAM-SE PELO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO EM 09 DE JUNHO DE 1976.

Em 1977, nasceu o seu primeiro e único filho, Krishna, que posteriormente veio a desempenhar um papel muito importante no trabalho de ambos, como se pode compreender quando se analisa a gênese do fenômeno da Bênção da Unidade.

Com Sri Amma agora como companheira dele, eles fundaram a escola Jeevashram em 1984. Essa instituição, devotada a educar e a amar os estudantes de modo holístico, tornou-se o berço do fenômeno Oneness.

Assim que a Bênção – Deeksha, começou a fluir através dos jovens estudantes, Sri Amma Bhagavan constatou que essa energia foi concedida para o benefício de toda a humanidade, não para liberar uns poucos escolhidos, mas para compartilhar a graça da Bênção da Unidade com toda e qualquer pessoa que estivesse procurando transformação, cura e uma vida significativa e repleta de alegria.

A partir da escola Jeevashram e, mais tarde, da Universidade, Sri AmmaBhagavan criou um conjunto de ensinamentos adaptados para a nova Terra nesse novo milênio.

Os ensinamentos mais inteligentes, avançados e primorosamente simples foram propostos, como a proposta da Universidade da Unidade, e eles foram acolhidos por todos, desde aqueles que nunca frequentaram a escola até os extremamente cultos e sofisticados.

Isso ocorre porque, em sua linguagem própria, os ensinamentos deles são como raios de luz do sol que resplandecem sobre cada preocupação humana e iluminam nosso entendimento, não apenas intelectualmente, mas também experimentalmente.

Sri Amma Bhagavan acredita que experienciar é um requisito para uma vida vivida em plenitude, e que toda e qualquer coisa, se experienciada completamente, independentemente de ser difícil ou trágica, no devido tempo transforma-se em alegria.

Mais informações sobre a Oneness University a Deeksha e seus Fundadores:
Site Oneness Brasil: http://www.onenessbrasil.com.br/

Facebook
Facebooktwittergoogle_pluspinteresttumblrmail