Desejo de uma criança – Quero ser uma TV.

Uma professora da escola primária pede a seus alunos para escreverem uma redação.

“Qual o desejo você quer de Deus?”

No final do dia, a professora recolhe todos as respostas dadas por seus alunos. Ela leva para casa e então senta-se e começa a marcá-las.

Enquanto marcava os ensaios, a professora vê um estranho ensaio escrito por um de seus alunos. Esse ensaio era muito comovente.

Seu marido vem e senta-se a seu lado e a vê chorando. O marido pergunta então a sua esposa:

– “O que aconteceu?”

Ela responde:

– “Leia. É um dos ensaio de meus alunos.”

– “Oh Deus, me transforme em uma televisão.

Eu quero viver como uma TV na minha casa.
Na minha casa a TV é muito valiosa.

Todos os membros da minha família sentam-se em torno dela. Eles estão muito interessados nela.

Quando a TV está falando, meus pais a ouvem feliz e calmamente.

Eles não gritam com a TV. Eles não brigam com a TV.

Eles não dão tapas na TV. Então eu quero me tornar uma TV.

A TV é o centro da atenção em minha casa.

Eu quero receber o mesmo cuidado especial que a TV recebe de meus pais. Mesmo quando não está funcionando, a TV tem um grande valor.

Quando meu pai e minha mãe chegam em casa, imediatamente eles se sentam em frente à TV, a ligam e passam horas ali.

A TV está roubando o tempo de meu pai e de minha mãe.
Se eu me tornar uma TV, eles vão gastar seu tempo comigo.

Enquanto assistem a TV, meus pais riem muito e eles se alegram muitas vezes.

Mas eu quero que meus pais riam e se alegrem comigo.
Então, por favor, me transforme em uma TV.

E, por último mas não menos importante.

Se eu me tornar uma TV, certamente eu poderei  fazer os meus pais
felizes e irei entretê-los.

Senhor, eu não peço mais nada. Eu só quero viver como uma TV.
Por favor, me transforme em uma TV.”

O marido concluiu a leitura do ensaio.
Ele disse:

– “Meu Deus, pobre garoto. Ele sente solidão. Ele não recebeu amor e cuidados suficientes de seus pais. Seus pais são horríveis.”

Os olhos da professora da escola primária estavam cheios de lágrimas.
Ela olhou para o marido e disse:

– “Nosso filho escreveu este ensaio.”

– Enviada por Vikram Ji

Facebook
Facebooktwittergoogle_pluspinteresttumblrmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.